×

Santo Antonio

Pau da Bandeira em Barbalha

Estátua de Santo Antônio em Barbalha

Estátua de Santo Antônio em Barbalha poderá ser o ápice do turismo religioso no Crajubar, trazendo com a terceira estátua ainda mais turistas

Estátua de Santo Antônio em Barbalha fecha o ciclo colocando a região definitivamente para o mapa da Igreja Católica e turismo religioso, que já conta com a Estátua de Nossa Senhora de Fátima na cidade do Crato e a mundialmente conhecida Estátua do Padre Cícero em Juazeiro do Norte.
Continue lendo

incendio-santo-antonio

Imagem de Santo Antônio resiste a incêndio

Imagem de Santo Antônio resiste às chamas e homem que foi conferir o fato disse que ‘É um sinal’.

Calendário com figura do santo resistiu a incêndio que destruiu casa.
Cadeirante estava na residência no momento e foi resgatado pelo irmão.

A Fonte da Matéria que foi publicada: Fonte: G1 – Rio Grande do Sul

Para os moradores do Bairro Forqueta, em Caxias do Sul, o fato de uma imagem de papel de Santo Antônio ter ficado quase intacta na parede após um incêndio destruir uma casa não é coincidência. Afinal, o caso ocorreu justo na data em que católicos celebram o dia do santo casamenteiro.

Foi na tarde de sábado (13) no município da Serra do Rio Grande do Sul. Durante o trabalho de rescaldo, horas depois das chamas atingirem a moradia, soldados do Corpo de Bombeiros se depararam com a página de um calendário quase inteira. Apenas a borda do papel ficou queimada.

Imagem de Santo Antônio
Imagem de Santo Antônio resiste a incêndio

Vizinhos da família se impressionaram com o caso. “O fato de ninguém ter se ferido e no dia em que a gente comemora Santo Antônio é um sinal. O povo aqui que tem fé e acredita nele. É uma prova que ele abençoa”, diz o vizinho Diniz Zucoloto, mecânico de manutenção, emocionado.

A dona da casa é devota de Santo Antônio. Um dos filhos dela, que não mora no local mas entrou no momento do incêndio para salvar o irmão cadeirante, conta que ficou surpreso quando, no dia seguinte, soube que a imagem de Santo Antônio não havia queimado. “Fiquei sabendo [domingo] de manhã e tive que ir lá ver se era mesmo. Será que não queimou com todo aquele fogo? Alguma coisa diferente aconteceu”, comenta Altemir dos Santos.

A residência fica na Rua Marcelo Giácomo. No momento do incêndio, que começou por volta das 16h, Dona Maria estava em casa com o filho cadeirante. O irmão dele, que mora na mesma rua, viu a fumaça de longe e correu para retirá-lo.

“Ela gritava ‘tira o Renato, tira o Renato’, eu entrei direto e sabia onde ele estava. Antes de pegar fogo, ele estava tomando café, tranquilo, na cama. Não pensei em nada, só pensei em tirar ele de dentro de casa”, conta Altemir, que teve queimaduras no nariz e na testa. Ninguém mais se feriu.

Os moradores acreditam que o incêndio tenha durado cerca de meia hora. Foi tempo suficiente para destruir praticamente toda a casa. Menos a imagem de Santo Antônio. O calendário estava na parede há 12 anos.

“A casa estava praticamente toda queimada e aí o soldado chamou para mostrar a imagem. Nós achamos que fosse de metal para não ter queimado. Foi um fato inusitado para nós, chamou a atenção mesmo”, afirma o tenente da corporação, Vanderlei da Silva.

Fonte: G1 – Rio Grande do Sul